Nikki-chan
Contos em forma de memórias ou memórias em forma de contos?

"É proibido fumar, diz o aviso que eu li"

09:24
Não, o fumo ainda não foi proibido no Brasil. O cigarro, deixo claro. Mas existem leis que andam causando polêmicas. A lei anti-fumo tem provocado uma série de notícias em rádio, tv, jornais e web.

Quando ouvi falar sobre ela pela primeira vez, sinceramente, não pensei mesmo em toda essa repercurssão. Afinal, é uma lei que protege a saúde das pessoas, dos não-fumantes e também dos próprios fumantes. Claro, pensei que algumas pessoas não gostariam de ter seu vício interrompido assim, nos locais de trabalho, nos chamados fumódromos, de uma hora para outra.

Eu não pensei na questão econômica do assunto. Claro que geraria protestos da indústria tabagista. E todo mundo tem direito de reclamar, quando se sente injustiçado, obviamente. No entanto, eu ainda não escutei um argumento que me convença de que a lei anti-fumo seja arbitrária.

Os argumentos contrários a lei que eu escutei - e alguns preferia não ter escutado - foram:

- A lei é inconstitucional, pois passa por cima da lei federal. - Acho que é até um argumento razoável, afinal, eu acho que tem que ter um consenso nas leis nacionais e estaduais.

- Bêbado também é tão chato quanto fumante, porque não proibem a bebida? (Leão Lobo) - Sim, eu escutei essa pérola. E parece briga de crianças, né? Mãe, ele também fez isso. Mãe, ele fez aquilo ali ó, briga com ele.

Eu não fumo e nem bebo (muito! rs), mas não temos a chamada Lei Seca, oras? E ninguém proibiu o fumo. Apenas proibiram em lugares públicos fechados,principalmente em bares e restaurantes onde há consumo de alimentos e, mesmo que tenha um fumódromo, alguém consegue parar a fumaça em um lugar só? E os funcionários dos estabelecimentos que não são fumantes? Porque eles são obrigados a fumar de tabela?

- Estão prejudicando o direito do fumante, uma vez que o cigarro não é proibido no Brasil - Eu acho que, a partir do momento que uma parcela prejudica outra, ela perde o seu direito. Nesta questão do fumo, eu acho que é muito mais sensato favorecer sim os não fumantes, uma vez que é comprovado científicamente os malefícios do fumo tanto para o usuário quanto para os chamados "fumantes de tabela".

Com o ser humano evoluiu muito com o passar dos anos, ele se tornou muito criativo. Para burlar a lei anti-fumo, existe o chamado "Cigarro eletrônico". Mas, aí que está a grande sacada de mestre para os fumantes do Brasil. O cigarro eletrônico, a base de pilha que libera a nicotina, não ajuda a largar o vício e pode sim causar danos a saúde. E, tem mais, ele poderá ser proibido no Brasil.

Segundo site "Info Online", da editora Abril,a Anvisa está discutindo o assunto. Uma consulta pública em fase final está definindo uma norma para proibir totalmente a entrada desse produto no País.

É, para os fumantes a situação não está muito favorável. Mas, para não ficarem desanimados, pense que sempre pode ser pior. No Japão, a coisa é muito mais difícil para os viciados: é proibido fumar na rua. Existem lugares reservados para o fumante, mesmo ao ar-livre!

Segundo o blog "Muito Japão" , existem três regrinhas que proibem: andar fumando, jogar cigarro no chão e fumar a ponto de incomodar terceiros.

Outra coisa bacana no Japão é que os cigarros são vendidos em máquinas também, tipo aquelas de refrigerante ou aquelas do metrô que vendem até bijuteria. A diferença, é que tem um sistema que consegue proibir a comprar por menores de idade. Sim, mesmo sem uma fiscalização humana, existe um sistema que reconhece a idade da pessoa. E, repito, como os homens são cada vez mais criativos, os jovens conseguiam comprar os cigarros apenas colocando a foto de um adulto na frente. Mas, se há a critividade para o mal, igualmente há para o bem.

Os japoneses reiventaram o sistema, e, agora, a pessoa tem que ficar piscando na frente para provar que é de carne e osso.

E vocês, são a favor ou contra a lei anti-fumo?
Read On 3 comentários

O melhor da vida...

13:50
Dizem que devemos olhar todas as situação com um ângulo positivo. Tirar as coisas boas da vida. Visto desse modo, creio ter me tornado uma pessoa melhor. Uma pessoa sem ambições grandiosas, desapegada dos bens materiais, como um carro, por exemplo.


Minha cobiça diária é: simplesmente um ônibus vazio. Já nem desejo mais um lugar vago, apenas o ônibus com espaço suficiente para não esbarrar no outro passageiro a cada suspiro que dou.


Paz e amor.


Obrigada, transporte público, por ter me tornado uma pessoa livre da ganância.


...

E tem gente querendo restringir os fretados...Ai, ai...

Ps: Não sei de quem é essa charge, mas é muito boa! Se alguém souber dizer de quem é, diga-me para dar os devidos créditos. Por enquanto, fica creditado ao tio G (google)!

Read On 3 comentários

Outro hiato!

12:54
Está bem difícil manter este blog atualizado. A verdade é que quando eu criei um blog só para os assuntos asiáticos, eu descobri que eu não tenho muito o que falar fora desse circuito, eita nóis!! Então o blog Pop-Ásia tem sido mais atualizado com frequência. Se puderem, passem por lá!

Estava pensando em desativar este aqui, mas vou tentar reformulá-lo mais uma vez de novo novamente! O template, pra variar, foi a primeira coisa a ser mudada e espero atualizá-lo com mais frequência!
Read On 2 comentários

Sobre livros

14:16
Ágora é o nome do Clube de Leitura do qual faço parte. Ele teve início em janeiro, com o livro nada simples de José Saramago, “O evangelho Segundo Jesus Cristo”. Pra quem está aberto a uma visão alternativa dos fatos narrados pela Bíblia, será um ótimo livro. Para aqueles religiosos fanáticos, muitas passagens podem ofender. É uma leitura densa e que deve ser em doses homeopáticas, pois traz muitas reflexões.

O segundo livro escolhido pelo Ágora foi “O assassinato no Expresso do Oriente”, da Dama do Crime, Agatha Christie. Já li há muitos anos atrás, mas o final é inesquecível.
Como se trata de uma leitura antiga, resolvi terminar “Musashi”, de Eiji Yoshikawa, antes de reler o mistério mais famoso de Hercule Poirot. Consegui terminar o primeiro volume da história do samurai mais famoso do Japão, um livro de nada menos do que 921 páginas...O segundo tem uma quantidade parecida, vamos ver se consigo terminá-lo também.

O romance de Yoshikawa é composto de sete livros, sendo: “A terra”, “A água”. “O fogo” e “O vento (primeira parte)” aqueles que formam o primeiro volume, o que eu li. E é interessante aprender junto com Musashi as lições que integram o caminho de um samurai. Sem mestre e, conseqüentemente, sem um estilo de luta, Musashi percorre o Japão atrás de ensinamentos que o tornem um grande guerreiro e, aos poucos, vai criando o seu próprio estilo. Paralelo ao seu aprendizado como samurai, ele ainda terá que lidar e compreender os conflitos do corpo humano e seus desejos, sendo o amor talvez o seu maior obstáculo.

“O vento (segunda parte)”, “O Céu”, “As duas forças” e “A Harmonia final” são os livros que completam o romance, no segundo volume. Dizem que este romance japonês é comparado ao “E o vento levou” dos Estados Unidos. Não li esse clássico americano, mas afirmo que o livro de Yoshikawa vale a pena ser lido...O duro é conseguir tempo para tal proeza!

Mas a história de Musashi pode ser conhecida por outros meios. Existem milhares de filmes e novelas que narram a sua saga e, se me recordo bem, o mangá “Vagabond”, publicado pela Conrad, é sobre o samurai.

Fica registrado as dicas das minhas últimas três leituras! ^-~
Read On 1 comentários

Hiato!

14:19
Mais de um mês sem postar, que coisa!
Acontece que minha vida de desempregada está mais corrida do que eu imaginava, um tumulto só!
Espero em breve voltar a postar e a frequentar os blogs de vcs rapidamente!!

Gomen ne! (desculpem!)
Read On 1 comentários

Os 10 blogs maneiros!

14:07


1- Exiba a imagem do selo “Olha Que Blog Maneiro” Que vc acabou de ganhar!!!
2- Poste o link do blog que te indicou. (muito importante!!!)
3- Indique 10 blogs de sua preferência.
4- Avise seus indicados.
5- Publique as regras.
6- Confira se os blogs indicados repassaram o selo e as regras.
7- Envie sua foto ou de um(a) amigo(a) para olhaquemaneiro@gmail.com juntamente com os 10 links dos blogs indicados para vericação. Caso os blogs tenham repassado o selo e as regras corretamente, dentro de alguns dias você receberá 1 caricatura em P&B.”
A Erika do "Tudo ao meu redor" me indicou nessa promoção faz um tempinho...Como faz um tempinho ainda maior que eu não blogo, só estou postando agora!!
Os 10 blogs que eu indico são:
1 -Veneno da Gata
2- Beija Flor Azul
3- Japão Ai shiteru
4- Japão e etc
5- Se avexe não!
6- Ultra Secreto
7-Várias conexões para infinitas verdades!
8- The Section 9
9- Palavras o vento leva
10 - Coincidências não existem!
=D!
Read On 3 comentários

Teatro

09:01
- Aquilo é a Terra ou a Lua? - perguntei, indicando a imagem na parede.
- Un? Aquela pedra escrito "planeta"? - ela me "respondeu", olhando para o palco.

Pedra? Planeta?Olhei para a minha amiga.

- Má...Aquilo é um guarda-chuva e está escrito Roma!
- Esse óculos tá com problema! - ela justificou.
- Bate nele, pra ver se volta a funcionar. - ironizei.


O terceiro sinal tocou. O público, em tese, deveria estar sentado há tempos, mas todos estavam perdidos tentando localizar seus respectivos assentos, por falta de uma assessoria do teatro. Enfim, quando a peça estava prestes a começar e ninguém mais poderia entrar, todos se levantaram e ocuparam lugares vagos que não compraram, mas cuja visão seria bem melhor do que estavam antes.

Após esse novo tumulto, mas que terminou rápido, a peça começou. Calígula, que foi interpretado por Thiago Lacerda, era o imperador de Roma e foi um homem no mínimo extravagante. Diziam que era louco e cruel,pois decidia matar uma pessoa como se fosse algo trivial, inventando motivos ou às vezes nem se dava ao trabalho de explicar sua decisão.

É um personagem interessante, mas a peça foi um pouco monótona. Não pude deixar de comparar a atuação de Thiago Lacerda com a de Wagner Moura, em Hamlet. São peças totalmente diferentes, mas o personagem principal era louco, ou dizia-se louco. Ambos atores enrolavam a ponta dos fios de cabelos, como se essa atitude caracterizasse ou enfatizasse a sandice dos personagens. E Moura vence essa comparação. Lacerda não me convenceu muito, não!

Por outro lado, como comentava minha amiga, teatro é teatro. E é muito interessante quando há pouco cenário, independente se por questões financeiras ou não, pois dessa forma quem assiste tem mais liberdade para fantasiar, imaginar, criar. Dessa forma, mesmo uma peça um pouco monótona se torna válida...Ainda mais quando o ingresso custa apenas dez reais! ^.~

Momento tietagem

Read On 5 comentários

Sobre séries (clássicas)

10:11
Duas de várias séries americanas que estão entre minhas favoritas são uma "herança" de meu pai. São elas: "A feiticeira" e "Jeannie é um gênio".

Eu tenho um gosto especial por produções que nos fazem entrar no mundo da fantasia, no seu significado mais mágico. Talvez por isso os filmes orientais em estilo Wuxia me agradem, assim como filmes "Piratas do Caribe" e "Harry Potter".

Por isso foi extremamente gratificante quando, em uma tarde de zaping na televisão, eu descobri que a Net possuí os dois seriados citados em sua programação.

"Jeannie é um gênio" é a história de uma gênia que vive dentro de uma garrafa, a qual é encontrada pelo astronauta da NASA, o major Nelson. Ela se apaixonada pelo rapaz e este passa a viver os mais diversos conflitos por conta dos poderes mágicos da loirinha, cujo único objetivo é tornar feliz o seu amo.

"A feiticeira" retatra o cotidiano da bruxa Samanta Stephens, que tenta viver normalmente com seu marido e filhos, mas sempre se encontra em situações nas quais é necessário utilizar seus poderes. Principalmente com sua mãe dá as caras nos episódios.

Por meio da Rede TV, pude acompanhar as atrapalhadas de Jeannie, as enrascadas de Samanta e suspirar pelos olhos do Major Nelson. E, agora, estou tendo a chance de rever todas as aventuras!
Hum...Esse post está quase cheirando a naftalina!

Mas queria deixar registrado que, entre produções como Lost, Two and a half man, The news adventures of old Christine, e muitas outras, ainda há espaço reservado para as séries mais clássicas dos Estados Unidos!

Adoro. ^.~
Read On 5 comentários

Hiato

09:42
Esse tempo que deixei de postar reflete bem o momento em que estou. Não sei o que fazer, não faço a menor idéia.

Ciclos terminaram, e outro está bem no comecinho, impossível definir como será a próxima etapa.

Tudo bem. Deixo para decidir alguma coisa em 2009. Dezembro vai ser um mês de puro descanso e farra! Quero aproveitar tudo o que vier da melhor forma possível!

Mergulhar no mar e deixar todo o cansaço, mágoas e estresses para trás. Revigorar. Ter a certeza de que 2008 foi muito, muito, muito bom, um ano cheio de aprendizado. Mas 2009 será melhor ainda!


Enfim, esse mês será o tempinho que terei para cuidar de mim! ^-~


Beijossss

Read On 2 comentários